Líderes no mundo inteiro sentem que os níveis sem precedente de ocupação que caracterizam os seus dias, os tornam mais reativos e menos proativos. Porém, existe uma solução para esta abordagem de liderança instintiva e reativa: mindfulness.

Tendo treinado milhares de líderes nas técnicas associadas a esta prática milenar, nós temos visto vez após vez que uma abordagem diligente à prática de mindfulness pode ajudar à criação de um segundo de espaço mental, entre um evento ou estímulo, e a resposta que lhe é dada. Um segundo pode não parecer muito, mas pode ser a diferença entre tomar uma decisão apressada que leva a um falhanço, ou chegar a uma conclusão bem ponderada que leva a um aumento de performance. É a diferença entre expressar sem filtro um sentimento de fúria, ou conseguir ser paciente na altura certa. É um avanço de um segundo sobre a nossa mente, as nossas emoções, o nosso mundo.

Pesquisas científicas têm validado que a prática de mindfulness altera os nossos cérebros e a forma como nos relacionamos connosco próprios, com quem nos rodeia e com o nosso trabalho. Quando treinamos, e depois fazemos uma aplicação adequada de mindfulness, então alteramos fundamentalmente o sistema operativo da nossa mente. Através do treino sustentado em mindfulness, a atividade cerebral é redirecionada de partes mais antigas e reativas do nosso cérebro, incluindo o sistema límbico, para a parte mais recente e racional do nosso cérebro, o córtex pré-frontal.

Desta forma, a prática de mindfulness diminui a atividade nas áreas do nosso cérebro responsáveis pela resposta fight-or-flight e por reações irrefletidas tomadas no momento, enquanto aumenta a atividade nas áreas do cérebro responsáveis pelo que normalmente é designado de funcionamento executivo. Estas áreas do cérebro, e o funcionamento executivo que suportam, são o centro de controlo dos nossos pensamentos, palavras e ações. São o centro do nosso pensamento lógico e do controlo de impulsos. De forma simples, dependermos mais do nosso funcionamento executivo, põe-nos firmemente no lugar do condutor das nossas mentes, e por extensão, das nossas vidas.

Um segundo pode ser a diferença entre atingirmos os resultados que pretendemos ou não. Um segundo é tudo o que é necessário para sermos menos reativos e estarmos mais sintonizados com o que acontece a cada momento. Neste segundo, está a oportunidade de melhorarmos a forma como tomamos decisões e delegamos, a forma como motivamos quem nos rodeia e lideramos. Essa é uma enorme vantagem para líderes em funções de muita pressão, onde tudo acontece a alta velocidade.

Aqui ficam cinco dicas de fácil implementação, para o ajudar a tornar-se mais mindful:

  • Faça uma prática de 10m de mindfulness, todos os dias. A maior parte das pessoas descobre por si que as manhãs são a melhor altura para praticar mindfulness, mas pode fazê-lo em qualquer altura do dia. Neste link encontrará um treino guiado em mindfulness de 10m, um curto manual para a prática de mindfulness e uma app gratuita para o apoiar neste processo.
  • Evite ler os emails como a primeira atividade da manhã. As nossas mentes estão geralmente mais focadas, são mais criativas e expansivas, logo de manhã. Esta é a melhor altura para fazer trabalho estratégico que envolva foco e ter conversas importantes. Se ler os seus emails ao acordar, a sua mente vai-se desviar das suas prioridades e começará a deslizar na direção de uma liderança mais reativa. Ter como primeira atividade do dia ler emails, desperdiça a oportunidade de usar a sua mente na altura em que ela está no seu potencial máximo. Quando chegar ao seu local de trabalho de manhã, tente esperar pelo menos 30m, ou mesmo 1h, antes de ver os seus emails.
  • Desligue todas as notificações. Os alarmes no seu telefone, tablet e portátil são fatores que contribuem de forma crítica para uma liderança mais reativa. Eles mantêm-no mentalmente ocupado e deixam-no sobre pressão constante, assim estimulando respostas mais reativas. Eles causam muito mais estragos do que o valor que criam. Tente o seguinte: durante uma semana, desligue todas as notificações do seu email em todos os seus equipamentos eletrónicos. Apenas verifique o seu email uma vez a cada hora (ou com a frequência que for necessária para agir de forma responsável na sua função), mas não veja mensagens de forma compulsiva, enquanto elas vão chegando ao seu inbox.
  • Pare de fazer multitasking. A sua mente permanece cheia, ocupada e sobre pressão, e dará por si mais reativo. Tente manter o seu foco numa única tarefa de cada vez, e depois note quando a sua mente divagar para outra tarefa – um sinal de que o seu cérebro pretende fazer multitasking. Quando isto acontece, desligue mentalmente todas as tarefas supérfluas que penetrarem nos seus pensamentos, mantendo o seu foco apenas na tarefa que tiver em mãos.
  • Use o seu calendário. Marque um check-in consigo próprio de duas em duas semanas, para poder monitorar como está a correr a implementação das quatro sugestões acima, ou para se recordar de revisitar este artigo e refrescar a sua memória. Considere partilhá-lo com um colega, para que ele também possa implementar estas sugestões. Isto cria a oportunidade de se poderem monitorar mutuamente, o que pode ser útil e motivante.

Encorajamo-lo a que experimente implementar estas dicas. Apesar de mindfulness não ser um comprimido mágico, ajudá-lo-á a ser mais seletivo nas suas respostas e a fazer escolhas mais cuidadosas, em vez de sucumbir a decisões mais reativas.

 

Nota: para o nosso próximo livro sobre liderança mindful, estamos a ouvir líderes sobre vários aspetos da sua experiência de trabalho. Se tem uma posição de liderança, e gostaria de participar, gostaríamos muito de conhecer a sua experiência.

 

Fonte: tradução do artigo “Spending 10 Minutes a Day on Mindfulness Subtly Changes the Way You React to Everything”, escrito por Rasmus Hougaard, Jacqueline Carter e Gitte Dybkjaer, para a revista online Harvard Business Review

Anúncios

About the Author Mind Revolution

www.mind-revolution.org

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s